RAFE

 



CONSELHO EDITORIAL

São atribuições do Conselho Editorial

Estabelecer os padrões de qualidade que orientarão os processos de apreciação e seleção dos textos submetidos à publicação; Zelar pela qualidade técnico-científica da Revista e pela regularidade de sua publicação;
Responsabilizar-se por, ao menos, uma solicitação de análise, ao semestre, emitindo parecer conclusivo sobre trabalhos submetidos à publicação, recomendando ou rejeitando cada proposta, conforme os critérios adotados pela revista;
Apresentar texto (artigo, ensaio ou resenha) de sua autoria, para publicação na Revista;
Encaminhar texto, com indicação para publicação na Revista, de autoria de terceiros (orientandos de pós-graduação, pares em Projetos de Pesquisa etc).
Apresentar, para publicação na Revista, tradução em língua portuguesa, de texto originalmente publicado em língua estrangeira, considerado relevante para o aprofundamento da reflexão acadêmico-científica. Neste caso, a tradução deve vir acompanhada da devida autorização do autor e dos editores detentores dos direitos autorais, para publicação da tradução;
Indicar a tradução de texto originalmente publicado em língua estrangeira e considerado relevante para o aprofundamento da reflexão acadêmico-científica. Neste caso, a tradução será feita por pessoal indicado pela Diretoria Executiva da Revista, mas a autorização para publicação da tradução deverá ser providenciada pelo Conselheiro que indicar a relevância do trabalho;
Propor e/ou organizar a publicação de artigos na forma de dossiês temáticos, de acordo com as normas especificadas anteriormente.
Indicar novos Revisores e Conselheiros;
Promover a divulgação da Revista.

Composição do Conselho Editorial 

Almiralva Ferraz Gomes 

Doutora em Administração pela Universidade Federal de Lavras (2010). Mestrado em Administração pela Universidade Federal da Bahia (2003) e em Formação e Desenvolvimento de Recursos Humanos pela Universidade Internacional de Andaluzia, na Espanha (2001). Graduação em Administração pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (1996). Professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. 

Andreza Marques de Castro Leão 

Pós-Doutora em Sexologia e Educação Sexual, pela Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista, UNESP. Doutora em Educação Escolar pela UNESP (2009). Mestre em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (2004). Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade de São Paulo e em Pedagogia pela UNESP. Especialista em Psicopedagogia. É professora, orientadora e vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação Sexual da Faculdade de Ciências e Letras da UNESP, em Araraquara. 

Antônio César Lins Rodrigues 

Pós-Doutor em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Doutor e mestre em Educação pela mesma instituição. Especialista em Mídias na Educação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Graduado com Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e com Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade de Ribeirão Preto. 

Arnaldo Luiz Ryngelblum 

Doutor em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, São Paulo (2000). Mestre em Sciences de La Gestion pela Ecole des Hautes Etudes Commerciales, Montreal, Canadá (1994). Graduado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (1977) e graduado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1974). Atualmente, é professor titular do Mestrado em Administração da Universidade Paulista. 

Benedito Gonçalves Eugênio 

Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2009). Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2004). Graduado em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia (2002). Licenciado em Letras pela Faculdade de Tecnologia e Ciências, Bahia (2010). Atualmente, é professor adjunto da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. 

Cláudia Pereira Vianna 

Pós-doutora pelo Departamento de Sociologia da Universidade Autônoma de Madri (UAM), Espanha. Doutora e Livre Docente em Educação, ambos pela Universidade de São Paulo. Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É Professora Associada da Faculdade de Educação da USP. Trabalha na área de Educação, com ênfase em Política Educacional, Relações de Gênero e Diversidade Sexual, investigando os seguintes temas: relações de gênero, diversidade sexual, educação, identidade docente e política educacional. Atualmente, é Editora Chefe da revista Educação e Pesquisa e líder do Grupo de Estudos de Gênero Educação e Cultura Sexual (EdGES) credenciado no CNPq. É bolsista de produtividade em pesquisa (nível 2) pelo CNPq. 

Elisangela Fátima Nogueira Godêncio 

Doutora em Literatura pela Universidade de São Paulo. Possui mestrado em Literatura pela mesma instituição. É graduada em Letras Português / Inglês pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Atualmente, é professora na Faculdade Eça de Queirós e efetiva do Governo do Estado de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em coordenação de TCC (curso de Letras) e docência em Literatura Portuguesa, Literatura Brasileira, Língua Portuguesa, Leitura e Produção Textual, Comunicação. 

Fábio Hoffmann Pereira 

Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo, com estágio do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior, financiado pela CAPES, na Universidade do Minho (Portugal). É mestre em Educação e graduado em Pedagogia; Diretor de escola efetivo da Prefeitura Municipal de São Paulo. Tem experiência de catorze anos na área de Educação, atuando também como professor dos anos iniciais do ensino fundamental e coordenador pedagógico. Na pesquisa em Educação, vem atuando principalmente nos seguintes temas: gênero e educação, ofício de aluno, sociologia da infância, recuperação paralela e fracasso escolar. 

Fábio Santos de Andrade 

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT. Mestre em Ciências Sociais (área de Sociologia) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Graduado em História e Especialista em Políticas Públicas e Educação pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Pesquisador da área da História Social e Sociologia da Juventude, desenvolve trabalhos junto a Instituições que atendem crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social. Pesquisador do Grupo de Estudos Pedagógicos (GEP), Linha de pesquisa sobre Educação Social. Membro do Conselho Fiscal da Associação Brasileira de Pesquisadoras e Pesquisadores pela Justiça Social – ABRAPPS (Gestão 2015-2017). É Professor Adjunto da Universidade Federal de Rondônia. 

Frank Viana Carvalho 

Pós-doutor em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (2012-2013). Doutor em Filosofia (Ética e Política) pela mesma instituição, com período de pesquisas no programa de doutorado-sanduíche na Universidade François-Rabelais (França), com bolsa do CNPq. Concluiu o Mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2002) e o Mestrado em Educação pelo UNASP – Centro Universitário Adventista de São Paulo (2000). Possui graduação em Pedagogia (1993), graduação em Teologia (1988) pelo UNASP e especialização em Psicologia da Adolescência pelo Newbold College – Inglaterra (1996). Atualmente, é gerente educacional e editor-adjunto da revista eletrônica do Instituto Scientia Vitae. 

João Luiz de Souza Lima 

Doutor em Ciências Sociais (Sociologia) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003). Mestre em Administração pela mesma instituição (1996). Graduado em Administração pela Universidade Cruzeiro do Sul (1985), em Ciências Econômicas pela Universidade São Judas Tadeu (1986) e em História pelo Centro Universitário Claretiano (2013). Especializado em Administração e Economia. Consultor de negócios sênior da JLSLIMA Consulting S/C Ltda. Professor titular III do Complexo Educacional Cruzeiro do Sul, professor adjunto III da Universidade Braz Cubas, professor do Centro Universitário Claretiano e professor doutor da Faculdade Nossa Cidade. Tem experiência profissional nas áreas de Administração Geral, Ciências Contábeis, Economia (Mercado de Capitais), Negócios Internacionais, Controladoria, Marketing, Logística e Tecnologia da Informação. Professor avaliador do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais (INEP) do Ministério da Educação. 

José Jassuipe da Silva Moraes 

Pós-Doutorando em Educação na Universidade de Coimbra, Portugal (2015). Doutor em Educação pela Universidade Federal da Paraíba, UFPB (2011), Mestre em Ciências Contábeis pela Fundação Visconde de Cairu (2004). Possui Especialização em Pedagogia pelo Centro Universitário de João Pessoa (1999) e Graduação em Ciências Contábeis pela mesma instituição (1992). Tem formação Interdisciplinar, atuando na interlocução entre Educação, Estudos Históricos e Culturais, Educação Profissionalizante, Finanças e Contabilidade. Atualmente, é Avaliador de Cursos de Graduação e de Instituições Superiores do MEC, Vice-Coordenador de Graduação em Ciências Contábeis da UFPB – Litoral Norte e professor do referido curso. Pesquisador na área História da Educação Contábil e Líder do GHEC – Grupo de Pesquisa em História da Educação Contábil. Tem experiência em Educação, Ciências Contábeis e Gestão da Educação Superior. 

José Luís Marques López Landeira 

Doutor em Linguagem e Educação pela Universidade de São Paulo (2005) e mestre em Filologia e Língua Portuguesa pela mesma instituição (2000). Possui graduação em Letras (Estudos Portugueses e Espanhóis) pela Universidade de Coimbra (1995). Atualmente, presta serviços de assessoria na área de Educação em Linguagem à Secretaria de Estado de Educação – São Paulo, à Rede Salesiana de Escolas e à ACF – Associação Cultural Franciscana. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Linguagem e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de leitores, língua portuguesa, análise de poesia, metodologia de ensino de língua portuguesa e letramento. 

José Rubens Mascarenhas de Almeida 

Pós-doutorando na Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). Doutor (2009) e Mestre (1999) em Ciências Sociais (Política) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Graduado em História (1992) pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (1999). É Professor Titular do Departamento de História da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Pertence ao quadro permanente do Programa de Pós-graduação em Memória: Linguagem e Sociedade (mestrado e doutorado). É pesquisador do NEILS (Núcleo de Estudos de Ideologia e Lutas Sociais) da PUC-SP e líder do Grupo de Estudos de Ideologia e Lutas de Classe/Museu Pedagógico/UESB/CNPQ. Compõe o Conselho Editorial das revistas Lutas Sociais (NEILS), Politéia (DH/UESB), Crítica & Debates (UNEB) e RBBA (Revista Binacional Brasil-Argentina), sendo o Editor Responsável desta última até o ano de 2015. 

José Valdir Jesus de Santana 

Doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR. Mestre em Educação e Contemporaneidade, pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Possui graduação em Pedagogia e Pós-graduação em Currículo, Didática e Avaliação pela mesma instituição. Atualmente, tem se dedicado a estudos e pesquisas sobre as relações étnico-raciais, tanto referentes às questões dos povos indígenas, especialmente, os da Bahia, como também às discussões sobre a Lei 10.639/2003 e as Diretrizes Curriculares para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira, no Município de Itapetinga/Bahia. É professor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB, Campus de Itapetinga. 

Jupter Martins de Abreu 

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ. Possui Mestrado e Bacharelado em Música, além de Licenciatura em Educação Artística, todos os cursos pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Também possui especialização em História do Brasil Pós-1930, cursado na Universidade Federal Fluminense (UFF). Atuou como professor nas redes estadual e municipal do Rio de Janeiro, além de ter sido Coordenador Pedagógico na Secretaria de Educação de Mesquita/RJ, onde também atuou como professor. Atualmente, é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) – Campus Duque de Caxias, onde foi Diretor de Ensino entre 2012 e 2014. É doutorando da UERJ. 

Katia Peixoto dos Santos 

Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e Mestre em Ciência da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, ECA-USP. Formada em Piano Clássico e Dança pelo Conservatório Musical Villa Lobos de Osasco. Desde 1984, é arte-educadora da Rede Estadual de Ensino de São Paulo, na qual orienta uma pesquisa de campo com adolescentes que estudam o visual físico e poético das cidades de Osasco e São Paulo. Escreve sobre cinema, quinzenalmente, na Revista Eletrônica Contemporartes. É pesquisadora do grupo LEPCOM (Laboratório de Estudos e Pesquisas de Contemporaneidade) responsável pelas Revistas Contemporâneos e Contemporartes. Atualmente, é docente na Universidade Paulista (UNIP) e na Faculdade Paulista de Artes (FPA). 

Luciana Eliza dos Santos 

Doutora e mestre em Educação pela Universidade de São Paulo. Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (2005), Licenciatura em Letras pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Tem experiência com ensino e pesquisa na área de Educação e Ensino Superior, concentrando-se principalmente nas seguintes temáticas: história da educação, educação libertária, comunicação, cultura e formação de educadores. 

Luciana Santos Silva 

Doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC-SP (2014). Mestre em Ciências Sociais pela mesma instituição. Graduada em Direito pela Universidade Estadual de Santa Cruz (2002). É Professora do curso de Direito da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (desde 2003) e da Faculdade Independente do Nordeste. 

Lucilene Santos Silva Fonseca 

Doutora e Mestre em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC-SP. Especialista em Arte, Educação e Tecnologias Contemporâneas pela Universidade de Brasília – UNB (2007). Licenciada em Pedagogia pela UNINOVE (2011), Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005) e em Língua Portuguesa e Inglesa pela Universidade São Marcos (1987). Membro do ISCAR- International Society for Cultural and Activity Research, ESREA – European Society for Research on the Education of adults, ALAB – Associação de Linguística Aplicada do Brasil, ABRALIN – Associação Brasileira de Linguística, GEL – Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo e ABED – Associação Brasileira de Educação a Distancia. Grupos de pesquisa: LACE – Linguagem em Atividades no Contexto Escolar da PUC-SP e Grupo CNPQ de Cibernética Pedagógica – Laboratório de Linguagens Digitais da ECA-USP. 

Luci Regina Muzzeti 

Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos. Possui Mestrado em Fundamentos da Educação pela mesma instituição. É professora assistente-doutora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Didática, e professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar, na Linha de Pesquisa “Sexualidade, Cultura e Educação Sexual”. É integrante do Núcleo de Estudos da Sexualidade, NUSEX e tem experiência na área de Educação, trabalhando com a abordagem de Pierre Bourdieu, com ênfase em pesquisas sobre habitus, gênero e trajetórias escolares. 

Maria Clara Lopes Saboya 

Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, FEUSP. Mestre em Educação pela mesma instituição. Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais pela FFLCH-USP. Licenciada em Pedagogia pela FEUSP. Coordenadora do Curso de Pedagogia da Faculdade Fernão Dias (FAFE). Parecerista ad hoc da Revista Educação e Pesquisa, da Faculdade de Educação da USP. Coordenadora e Editora da Revista Educação, Gestão e Sociedade – REGS. Editora da Revista E-Faceq (Revista dos discentes da Faculdade Eça de Queirós). Tem experiência na área de Ensino e Pesquisa, com ênfase em Sociologia, Educação, Ciências Sociais Aplicadas, Metodologia de Pesquisa, Relações de Gênero. 

Maria Zara Simões Pinto Coelho 

Doutora em Ciências da Comunicação (Semiótica) pela Universidade do Minho, Portugal. Mestre em Comunicação Social pela Faculdade de Ciências Sociais, Universidade Nova de Lisboa, Portugal. Tem Licenciatura em Ciências Sociais e Políticas pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, Portugal. Atualmente, é Professora Associada do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho, Portugal. 

Maurício Pedro da Silva 

Pós-doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (2005). Doutor e Mestre em Letras (Literatura Brasileira) pela mesma instituição. Graduado em Letras (Português) pela Universidade de São Paulo. Professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Líder de pesquisa do grupo Literatura e Razões Literárias, vinculado à Universidade Nove de Julho e certificado pelo CNPq. Membro do Comitê Científico Multidisciplinar da Universidade Nove de Julho. Pesquisador do Centro Interdisciplinar de Ciência, Tecnologia e Sociedade da Universidade de Lisboa (CICTSUL). Pesquisador do Programa Marco Interuniversitário para a Equidade e a Coesão Social nas Instituições de Ensino Superior (RIAIPE 3), da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (2011). Membro da Associação Brasileira de Literatura Comparada/ABRALIC, da Associação de Professores de Língua e Literatura/APLL, da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística/ANPOLL – GT Historiografia da Linguística Brasileira, da Associação Brasileira de Leitura/ALB, do Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos/CiFEFiL, da Associação Brasileira de Linguística/ABRALIN, da Associação das Universidades de Língua Portuguesa/AULP, da American Association of Teachers of Spanish and Portuguese/AATSP, do Brazilian Studies Association/BRASA, da Modern Language Association/MLA e da Asociación de Linguística y Filologia de América Latina/ALFAL. 

Neide Esperidião 

Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Mestre em Música pelo Instituto de Artes da UNESP (2003). Bacharel em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1978). Licenciada em Pedagogia pela Universidade Ibirapuera (1995). É coordenadora dos Cursos Superiores de Música da Fundação Instituto Tecnológico de Osasco e Diretora Adjunta do Conservatório Musical Villa Lobos da mesma instituição. Atua como docente em cursos de pós-graduação em Psicopedagogia Institucional e Clínica da Fundação de Santo André e do Curso de Pedagogia da Faculdade Nossa Cidade (FNC). Organizadora dos três volumes da Coletânea Cultura e Educação, publicados pela Globus Editora e autora do terceiro volume intitulado Educação Musical e Formação de Professores: suíte e variações sobre o tema. É membro do Núcleo de Pesquisa em Psicanálise e Educação – NUPPE da FEUSP, desenvolvendo intensa atividade em cursos de formação de professores nas áreas da Educação, Arte e Educação Musical. É pesquisadora dos seguintes temas: educação e formação de professores, educação musical, currículos, música e psicanálise. 

Renée Avigdor 

Doutora em Sociologia pelo Departamento de Sociologia na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Mestre em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica pela mesma instituição. Possui graduação em Sociologia e Ciências Políticas pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1989). Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia da Religião, atuando principalmente nos seguintes temas: religião e globalização, religião modernidade e pós-modernidade, judaísmo e cristianismo, identidades, Israel e sionismo, imigração judaica em São Paulo, judaísmo contemporâneo no Brasil. 

Rogério de Souza Silva 

Doutor em Sociologia (2012) pela UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas). Mestre em Sociologia (2006) pela UNESP (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – Campus Araraquara). Graduado em Ciências Sociais (2002) pela mesma instituição. Especialista em Letras (2005) pela UNESP (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – Campus Araraquara). É professor de Sociologia no Instituto Federal de São Paulo, campus São Roque (IFSP/SRQ). Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Pensamento Social no Brasil, Sociologia da Cultura e Sociologia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: institucionalização das ciências sociais no Brasil, pensamento social no Brasil pós-1970, literatura marginal, hip hop, educação popular (cursinhos comunitários) e educação profissionalizante. 

Rosália Maria Netto Prados 

Pós-doutora em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicação e Artes, da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Doutora em Semiótica e Linguística Geral, pela Universidade de São Paulo. Especialista em Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas, graduada em Letras e em Pedagogia, pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atua na área de Educação, Comunicação, Letras e Linguística, com ênfase em Análise do Discurso e Semiótica. Atualmente, desenvolve pesquisas sobre formação do sujeito, discursos políticos-educacionais e políticos-culturais. 

Saul Cabral Gomes Júnior 

Doutor (2011) e Mestre (2006) em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Graduado em Letras (Licenciatura em Português e Inglês) pela Universidade da Amazônia (2001). Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Teoria e Análise Linguística e em Linguística Aplicada. Tem se dedicado, principalmente, aos seguintes temas: historiografia das ideias linguísticas voltadas para o português do Brasil, análise da língua falada e estudo descritivo-analítico de manuais didáticos de Português. 

Sérgio Thode Filho 

Doutorando em Ciências Ambientais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ. Mestre em Sistemas de Gestão (Ambiente, Qualidade, Saúde e Segurança) pelo Departamento de Engenharia de Produção da UFF, MBA em Engenharia da Qualidade pela UFF, Especialista em Logística e Suprimentos pela UCAM, Graduado em Administração de Empresas com ênfase em produção pela FBC e Técnico em Mecânica pelo SENAI. Possui experiência nas áreas de gestão ambiental, gestão de resíduos sólidos e da produção, engenharia de produto e ambiental com ênfase em negócios sustentáveis, gestão da qualidade, soluções de conhecimento para supply chain, logística reversa e gerenciamento de resíduos. Auxiliou diversas empresas para obtenção de certificação quanto aos sistemas de gestão ISO 9001, 10.006 e 14.001. Atualmente, é Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro – IFRJ, Campus Duque de Caxias. Atua com desenvolvimento de Tecnologias Ambientais e Bioprodutos no Laboratório Multidisciplinar de Gerenciamento de Resíduos (LMGR) em projetos de Reuso de Óleo Vegetal Residual, Prospecção de Novas Fontes de Biocombustíveis, Reuso da Borra de Café, Reuso de Poda de Árvores Urbanas, Valoração Econômica de Danos Ambientais, Obtenção de Bioplástico a partir do resíduo do soro de leite e derivados UFRJ-IMA / IFRJ-LMGR e Ações de Educação Ambiental. 

Teodoro Malta Campos 

Doutor em Administração pela Universidade Nove de Julho UNINOVE (2014), também é Mestre em Administração (2010) pela mesma instituição. Possui Especialização em Docência Universitária realizada na UNINOVE (2013). É Bacharel em Direito pela Universidade Paulista, UNIP (2001) e Advogado. É professor associado aos cursos de MBA da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Sul de Minas Gerais FACESM (Itajubá, MG). É avaliador da Revista Administração em Diálogo (B3) e REUNA (B3). Atuou como avaliador do SEMEAD, em 2014. Pesquisa nas áreas de empreendedorismo, competências empreendedoras, coaching e desenvolvimento de carreira e gestão de PME. É orientador de projetos de iniciação científica. Possui publicações em periódicos brasileiros e internacionais. É consultor organizacional e desenvolve trabalhos de aprimoramento e profissionalização da gestão de empresas de micro e pequeno porte. Também, atua como coach executivo de gestores de empresas de médio e grande porte, com foco no desenvolvimento de liderança, visão estratégica e realização de resultados. 

Virgínia Gonfiantini 

Doutora em Pensamento Complexo pela Multiversidade Mundo Real Edgar Morin, México, Hermosillo, Sonora (2013). Mestre em Educação (Gestión, Evaluación y Acreditación) pela Universidade do Salvador (USAL), Argentina (2006). Cientista da Educação pela Universidade Nacional de Rosário, Argentina (1997). Atualmente, é docente e pesquisadora da Multiversidade Mundo Real Edgar Morin, México. 

Composição do Conselho Consultivo 

Alessandra Martins Franco Tutunic 

Mestre em Comunicação pela Universidade Paulista (2013). Possui graduação em Comunicação Social Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário FIEO (2003), especialização em MBA Gestão de Negócios e Tecnologia pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (2005). Atualmente, é Professora da Faculdade Fernão Dias e do Centro Universitário FIEO. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Marketing, atuando principalmente nos seguintes temas: Comunicação e Cultura, Políticas Públicas, Idoso, Inclusão Digital. 

Anna Carolina Salgado Jardim 

Doutoranda em Psicologia da Educação na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Mestre em Administração pela Universidade Federal de Lavras (2003) e graduada em Administração com Habilitação em Empresas Rurais e Cooperativas pela mesma Universidade (2000). Possui Licenciatura Plena em Administração pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. É professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Instituto Federal de São Paulo, campus de São Roque. 

Camila Mendonça Torres 

Doutoranda em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Ciências da Religião pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2011), possui bacharelado (2008) e formação plena em Psicologia (2009) pela mesma instituição. Membro do Laboratório de Psicologia Anomalística e Processos Psicossociais (Inter Psi – USP). Professora Universitária e Pesquisadora, atua com ênfase em Psicologia Social, Psicologia Social da Religião e Psicologia Anomalística. 

Carlos Adriano Martins 

Doutorando em Ensino de Ciências e Matemática (UNICSUL). Mestre em Educação (UMESP). Especialista em Gestão Ambiental pelo Centro Universitário Claretiano. Especialista em Docência no Ensino Superior (EaD) pela mesma instituição. Graduado em Pedagogia pela UNINOVE. Graduado em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário Fundação Santo André. Experiência e atuação nas áreas de formação docente, linguagens audiovisuais, educação ambiental, coordenação de cursos (graduação, extensão e especialização) assessoria e consultoria pedagógica. Educação a Distância: gestão, elaboração de cursos, tutoria, ambientes virtuais de aprendizagem. 

Christina Benini Gimenes Fouquet 

Mestre em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2013). Possui graduação em Pedagogia pelas Faculdades Oswaldo Cruz (1986) e graduação em Letras pela mesma instituição (1983). Atualmente, é professora do Colégio da Polícia Militar, Unidade Centro (SP) e na Faculdade Fernão Dias. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: pedagogia e artes. 

Diana Mendes Machado da Silva 

Doutoranda no programa de História Social da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). É mestre, graduada e licenciada em História pela mesma instituição. Atua na produção de material didático e na formação de professores de ensino fundamental I, II e médio das redes públicas de ensino na área de Direitos Humanos. Participa do Grupo Interdisciplinar de Estudos sobre o Futebol (GIEF), do Grupo Literatura e Memória do Futebol (MEMOFUT) e do Núcleo de Apoio à Pesquisa do Futebol e Modalidades Lúdicas (LUDENS). 

Elias da Silva Spósito 

Mestre e especialista em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC-SP. Possui graduação em Letras (licenciatura Português – Inglês) pela Universidade de Guarulhos (2005). 

Eriberto Nascente Silveira 

Doutorando no Programa de Pós-graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Possui Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação escolar. Trabalha na Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina. 

Evandro Luiz Soares Bonfim 

Mestre em Ciências da Educação pela Universidad San Carlos de Asunción, Paraguai. É mestrando no Programa Educação em Saúde pela Universidade Federal de São Paulo. Possui Graduação em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Licenciatura Plena em Ciências Sociais pela mesma instituição. Graduação e Licenciatura plena em Pedagogia Pelo UNAR – Centro Universitário Dr. Edmuldo Ulson – SP. Pós Graduação (Especialização) em Educação Profissional Integrada a Modalidade EJA pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP). Pós-graduação (Especialização) em Formação de Educadores para Educação a Distância na Universidade Paulista UNIP. Pós-graduação (Especialização) em Formação de Educadores do Programa PROJOVEM do Governo Federal através da Fundação Darcy Ribeiro, RJ. Atualmente, atua como professor na UNIESP. Tem vasta experiência em tutoria EAD e como professor de Educação a Distância, professor de Espanhol e Libras. 

Francisco Barbuto Júnior 

Mestre em Comunicação pela Universidade Paulista (2006). Possui graduação em Comunicação Social: Publicidade e Propaganda pela Universidade do Grande ABC (2003), curso de extensão em História do Audiovisual pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2009). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Grupos Sociais e Análise de Produções Midiáticas. É professor em curso superior da Faculdade Anhanguera no curso de Publicidade e Propaganda. 

Geraldo Carlos Barbosa 

Mestre em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC-SP. Possui graduação em Letras pelo Instituto Educacional Osvaldo Quirino (1995). Atualmente, é professor de Educação Básica na FIEB – Fundação Instituto de Ensino de Barueri. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Teorias da Instrução. 

Geraldo Daré Pereira 

Mestre em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998). Possui graduação em Ciências Econômicas pela Faculdade de Ciências da Fundação Instituto Tecnológico de Osasco (1980), especialização em Administração Econômico-financeira pela mesma instituição (1986), especialização em Gerência Empresarial-administrativa pelo Centro Universitário Sant’Anna (1983). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de Empresas. 

Guiiti Kii 

Mestre em Economia, Administração e Contabilidade pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1999). Possui graduação em Ciências Contábeis e Atuariais pela Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo (1967). Atualmente, é professor da Faculdade Fernão Dias, professor de Contabilidade e Perícia Contábil na Faculdade Oswaldo Cruz, membro efetivo da Audibra – Instituto dos Auditores Internos do Brasil, eventual e do Tribunal Arbitral do Comércio, perito contábil em Varas Cíveis e professor titular do Centro Universitário FIEO. 

Janice Gonçalves Alves 

Mestre em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês (Universidade de São Paulo). Possui graduação em Letras, licenciatura plena em Inglês-Português e suas Literaturas, especialização em Tradução (Universidade de São Paulo). Participou como professora formadora junto às escolas municipais de São Paulo do Projeto de Inglês para Ensino Fundamental I; participa do Projeto Nacional de Formação de Professores “Novos Letramentos e Multiletramentos em Línguas Estrangeiras” (Universidade de São Paulo). Atualmente, é professora da Faculdade Fernão Dias. Atuou em consultoria na revisão metodológica e composição de materiais didáticos da editora Casa Publicadora Brasileira e em atividade autônoma de tradução literária juvenil. 

José Eduardo Fernandes 

Mestre em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos (ênfase em Sistema Enxuto de Desenvolvimento de Embalagem) (IMT/MAUÁ). Engenheiro químico (Faculdades Oswaldo Cruz) e Tecnólogo mecânico / Modalidade Projetos (Fatec/SP). MBA em Conhecimento, Tecnologia e Inovação (FIA/USP). Capacitação em Black Belt Lean Six Sigma (Fundação Vanzolini). MBA em Logística Empresarial e Supply Chain (Unip/SP). Pós-graduado em Administração de Empresas (CEAG/FGV) e administração industrial (Fundação Vanzolini). 

Katia Aparecida dos Santos Imbó 

Mestre em educação (2007) pela Universidade de São Paulo, graduada em pedagogia (2002). Tem experiência na área de ensino fundamental e educação infantil (Creche). Trabalhou com formação de professores do município de São Paulo. Atualmente, é Coordenadora Pedagógica na rede Municipal de São Paulo e professora na Faculdade Fernão dias. 

Lívia Andreosi Salles de Oliveira 

Doutoranda e Mestre em Ensino e História de Ciências da Terra pelo Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas – IG/UNICAMP (2012), Graduação em Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental pelo Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo – IGc/USP (2009), atuando principalmente nas áreas de: Ensino de Geociências âmbito formal e informal, Ensino de Ciências Naturais e currículo, Formação continuada de professores em exercício, Grupos de pesquisa no Ensino de Ciências Naturais e Educação Ambiental. Atua também em projetos socioambientais em bacias hidrográficas como Educadora Ambiental. Professora de Ciências e Geologia na Educação Básica da rede pública e particular. 

Lucilene Macedo Balmant Tomaz 

Mestre em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2009). Atualmente, é psicopedagoga na Secretaria da Educação de Barueri, professor PEB II – Secretaria da Educação de Barueri, coordenadora do Departamento de Assessoria Pedagógica na Secretaria de Educação de Barueri, diretora voluntária da Escola Batista de Educação Infantil, PEB II da Escola Estadual Professor Dimarães Antonio Sandei e professor mestre do Instituto de Educação e Cultura Eça de Queirós. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: currículo, inclusão, processo ensino-aprendizagem, necessidades educacionais especiais e educação inclusiva. 

Luiz Maximiliano Landscheck 

Mestre em Direito pelo Centro Salesiano de São Paulo, Lorena (2007), graduado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1999), graduado em Economia pela Faculdade de Economia São Luís (1971), graduado em Filosofia no Convento SCJ, Brusque, SC (1959). Atualmente, é professor e Coordenador do Curso de Direito da Faculdade Fernão Dias. 

Marcello Ribeiro de Almeida 

Mestre em Direito Regulatório e Responsabilidade Social pela Universidade Ibirapuera (2010) e pós-graduado em Direito Civil e Processo Civil pelo Instituto Nacional de Pós-Graduação INPG (2005), possui graduação em Direito pelo Centro Universitário FIEO (2001). Atualmente, atua como Diretor Jurídico na empresa Eco Imóveis Corporativos e como professor nos cursos de graduação da Faculdade Fernão Dias. 

Marcelo Alves Nunes 

Mestre em Direito pela Universidade Nove de Julho – UNINOVE (2013). Especialista em Direito Público, com formação para o magistério superior, pela Universidade Anhanguera-Uniderp (2012). Graduado em Direito pelo Centro Universitário FIEO (2001). Professor de Direito Penal no curso de graduação em Direito da Faculdade da Aldeia de Carapicuíba (FALC). Professor de Direito Penal, Política Criminal e Criminologia Forense no curso de graduação em Direito da Faculdade Mario Schenberg (FMS). Membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM). Delegado de Polícia (Polícia Civil do Estado de São Paulo). 

Márcia Moreira Pereira 

Doutoranda em Letras na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestre em Educação na Universidade Nove de Julho, UNINOVE. Possui graduação em Letras (Português-Inglês) (2009) e pós-graduação lato sensu em Tradução (Inglês-Português), pela mesma instituição. Membro da Associação dos professores de Língua Portuguesa e Literatura (APLL). Pesquisadora do Programa Marco Interuniversitário para a Equidade e a Coesão Social nas Instituições de Ensino Superior (RIAIPE 3), da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (2011). Atuou como professora convidada nos cursos de extensão (Oficinas de Redação) da Universidade Nove de Julho e como professora de Língua Portuguesa e Literatura na rede estadual de ensino de São Paulo (modalidade EJA). Atualmente, é professora de ensino superior nos cursos de graduação da UNINOVE. 

Maria Elizabeth Candio 

É mestre em Letras pela USP, Universidade de São Paulo (2007), com dissertação de mestrado em Estudos Comparados de Literaturas em Língua Portuguesa. Possui graduação em Letras, Tradutor e Intérprete pela Faculdade Ibero-Americana (1982), e Pós-graduação Lato Sensu em Literatura Brasileira Fase Modernista (1985). Leciona há 32 anos na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Técnicas de Redação, Português Instrumental, Inglês Instrumental, Literatura Brasileira e Literatura Portuguesa. Tem experiência em Ensino Fundamental, Médio e Superior e um livro de poemas publicado: Canção Necessária (1986). Participou de duas Oficinas Literárias e conquistou diversos prêmios literários, entre os quais o 2º e o 1º lugares no concurso Escriba de Poesia de Piracicaba, em 1994 e 2004, respectivamente. 

Regina Aparecida Loureiro Caroni 

Doutoranda em Educação na Universidade Nove de Julho, UNINOVE. Mestre em Educação pela mesma instituição, área de concentração Teorias e Políticas em Educação. Especialista em Planejamento e Gestão de Organizações Educacionais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP/Campus Araraquara. Psicóloga e Licenciada em Psicologia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto. Tem experiência na área de Psicologia Escolar, com ênfase em Ensino e Aprendizagem na Sala de Aula. Publicações na área de Educação Especial/Inclusiva, Fracasso/Sucesso Escolar e Psicologia. Atua no Grupo de Pesquisa NIIC/Grupec na linha de Educação e Complexidade do PPGE da UNINOVE. Desenvolve pesquisas com ênfase em Complexidade, Subjetividade e Fracasso/Sucesso Escolar. Ministra aulas na graduação e pós-graduação lato sensu, presencial e EaD, na Universidade Nove de Julho, UNINOVE, São Paulo. 

Reginaldo de Oliveira Pereira 

Mestre em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Tem graduação em História pela mesma instituição. Atualmente, é professor efetivo de História na Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, professor EaD no curso de Licenciatura em História do Centro Universitário Claretiano e professor do curso de Pedagogia da Faculdade Fernão Dias. Tem experiência na área de História e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: ferrovia, complexo cafeeiro, história da educação e metodologia da história. 

Renata Ramos Salu 

Mestre em Direito das Relações Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), graduada em Direito pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), especialista em Docência Superior, professora de Direito Civil e Direito Processual Civil em instituições de ensino superior em São Paulo. Advogada atuante em São Paulo. 

Ricardo Matheus Benedicto 

Doutorando em Educação na Universidade de São Paulo. Possui graduação e mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente, é professor de Filosofia do Centro Universitário Claretiano na modalidade EAD e de Filosofia da Educação no curso de Pedagogia na modalidade presencial. Também ministra a disciplina Filosofia da Educação no curso de Pedagogia da Faculdade Fernão Dias e é professor de Filosofia da rede pública estadual de São Paulo, desde 2006. 

Rosa Maria Soto Riva 

Mestre e Graduada em Direito pelo Centro Universitário FIEO. Professora da Faculdade Fernão Dias. Advogada atuante em São Paulo em Direito do Trabalho. 

Tatiana Ávila Loges 

Doutoranda em Educação na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, FEUSP. Mestre em Educação pelo Centro Universitário La Salle. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Luterana do Brasil. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Sociologia da Educação. Desenvolveu pesquisa nas seguintes áreas: infância, socialização, percepção, repetência, reprovação e exclusão na escola. Atualmente, desenvolve estudos a partir da teoria de gênero, nos quais investiga a influência dos modelos de masculinidades e feminilidades sobre o desempenho escolar no cotidiano. 

Vanda Pereira Ferreira 

Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUCSP. Tem especialização em Docência do Ensino Superior pela mesma instituição. Especialização em Psicopedagogia Clínica pelo Centro Universitário UNIFIEO. Especialização em Habilitação para ensino de deficientes mentais e visuais. Graduação em Pedagogia pelas Faculdades Integradas Campos Salles. 

Vinicius Oliveira Silva 

Mestre em Teoria Econômica pela Universidade Estadual de Maringá. Possui MBA em Economia de Empresas pela USP, Lato Sensu em Administração de Empresas pela FGV, Bacharel em Ciências Econômicas pela Faculdade de Ciências da Fundação Instituto Tecnológico de Osasco (FAC-FITO). Desempenha a função de Especialista na Fundação PROCON-SP, atendendo consumidores no Núcleo de Tratamento do Superendividamento; atua como Professor de disciplinas relacionadas à Economia para Cursos de Graduação e Nível Superior na Universidade Municipal de São Caetano Do Sul e também orienta Trabalhos de Conclusão de Curso na Faculdade Fernão Dias. Atuou também nas Faculdades Integradas Torricelli e na UNINOVE. Realiza trabalhos de perícia, assistência técnica e consultoria na área econômico-financeira. Tem conhecimento em métodos pacíficos de solução de conflito: Arbitragem, Mediação e Conciliação.